quinta-feira, abril 7

o tempo que passa

é assustador como o tempo passa e nós não damos por isso...

às vezes apetece-me ter 10 anos de novo, para ter pressa que outros dias cheguem!

pressa de crescer (não valeu de muito), de conduzir (o sonho que era para mim), de ir para a universidade (só para vestir o traje, porque se nem com 22 sei o que quero ser, quanto mais com 10).

a verdade é que o tempo passa
vamos lutando para cumprir pequenos sonhos, esperamos por eles, vivemos.

e do nada acabam. e acabam, e passam e nunca mais, e quero ter 10 anos outra vez, para poder sonhar mais, para reviver tudo o que foi bom, para não cometer os erros que cometi, para achar que todo o dia é perfeito desde que no fim da escola dê para comer chocapic e ver desenhos animados (embora haja dias que ainda seja assim).

dou para mim a viver um tempo em que não gosto do que faço, não sei o que quero fazer, vivo, vejo os dias a passar, não sei o que me espera, mas o que me espera depende de mim e isso assusta-me...

vivo num tempo em que nada é certo, em que tudo muda do dia para a noite, não tenho pressa que os dias passem, não quero que eles passem porque temo o que aí vem!

e entretanto?

sorrio, pois o sol está a chegar à Dinamarca! :D

e tento prender em mim estes dias que tenho...




Sem comentários:

Enviar um comentário